ENQUETE

Anuncie aqui!

Últimas Notícias

Suspeito de matar chilena foi localizado quando tentava fugir para Feijó

Suspeito de matar chilena é levado para depor em delegacia e confessa crime no AC, diz polícia

O principal suspeito de matar a chilena Karina Constanza Bobadilha Chat, de 22 anos, foi levado, no início da noite desta segunda-feira (3), para a Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), em Rio Branco, para prestar esclarecimentos. Em depoimento, ele confessou o crime. Ele foi ouvido e liberado.

A informação foi confirmada pela Polícia Civil do Acre. O suspeito foi localizado próximo da cidade de Sena Madureira, interior do Acre, dentro de um táxi, quando tentava fugir para a cidade de Feijó, também no interior.

“Ele está custodiado com a gente. Identificamos, mas não está na situação de flagrante. Estamos tomando as medidas cabíveis. Tivemos informações que estava se evadindo, mandamos uma equipe e pedimos apoio da polícia de Sena Madureira”, confirmou o delegado responsável pelas investigações, Marcus Cabral.

Nesta segunda, a Polícia Técnica do Acre entrou em contato com o consulado geral do Chile, em São Paulo, para que a família da chilena possa fazer o reconhecimento do corpo dela.

A vítima era artista de rua e foi encontrada ferida a facadas na avenida Amadeo Barbosa. Ela chegou a ser socorrida, mas morreu no Pronto-Socorro de Rio Branco.

Objetos encontrados
O delegado acrescentou que o suspeito indicou o local onde jogou alguns pertences da vítima. Alguns desses objetos foram encontrados no bairro Canaã.

“Inclusive, localizamos os objetos dela, como malabares. Indicou outros lugares e talvez até a gente encontre o violão e outras coisas dela. Concluímos as buscas e estamos retornando para Rio Branco”, afirmou.

Suspeito tentava relacionamento com a vítima
A polícia ressaltou ainda que a motivação do crime ainda não está esclarecida. Porém, já foi descoberto que o suspeito e Karina conversavam há cerca de dez dias.

“Ele mantinha contato com ela, vinha, durante esses dez dias, tentando, inclusive, um relacionamento amoroso. Foi homicídio e estamos apurando mais detalhes, é o que posso dizer até agora”, concluiu.

Informações G1

Nenhum comentário