ENQUETE

Anuncie aqui!

Últimas Notícias

Erro em cirurgia deixa mãe de oito filhos com os pés para trás; veja depoimento em vídeo

Seria até aceitável se a ocorrência tivesse sido registrada num governo cujo governador não vivesse a se jactar de seus conhecimento como profissional de medicina. Mas aconteceu: no governo do medico Tião Viana, no ano passado, uma cidadã de Sena Madureira, foi vítima de erro médico ao passar por uma cirurgia após um fraturas num acidente de moto e hoje tem seus pés voltados praticamente para trás, como na lenda brasileira do Curupira.

De acordo com a lenda do folclore brasileiro, o Curupira é um anão forte e ágil de cabelos ruivo, protetor das florestas, que mora na mata e vive fazendo travessuras, principalmente contra caçadores de animais silvestres. Uma de suas principais características é possuir pés virados para trás e, dessa forma, ao caminhar, consegue enganar alguém que pretenda segui-lo, porque o perseguidor, olhando para suas pegadas, pensará sempre que ele anda na direção contrária. Isso na lenda.

Dona de casa mostra radiografia/Foto: ContilNet

Na dura realidade em que se transformou a vida da dona de casa Franceiris Domingos da Silva, casada, de 47 anos, mãe de oito filhos, moradora da localidade conhecida como “Toco Preto”, no município de Sena Madureira, ter os pés, ainda que não totalmente virados em sentido contrário, é algo que só lhe traz dor e sofrimento, segundo ela própria revela num vídeo em que denuncia o erro médico.

Há mais de um ano, ela sofreu um acidente de moto, sofreu varias fraturas e foi enviada para Rio Branco para uma série de cirurgias, entre as quais nas pernas, uma delas fraturada em dois lugares. A incúria e a irresponsabilidade dos cirurgiões, cujos nomes a paciente não revelou, foi tamanha que o pé da dona de casa não a permite andar nem praticar outros movimentos.

“Eu peço ajuda porque há mais de um ano, desde que fiz essa cirurgia, estou nesta situação, só vivo deitada, na cama ou no sofá”, diz a dona de casa, numa situação desesperadora. Ela quer ser novamente avaliada por médicos especializadas a fim de que possa passar por nova cirurgia e, enfim, possa ter sua vida de volta.





Contilnet

Nenhum comentário