RADIO BOAS NOVAS ON LINE

RÁDIO BOAS NOVAS ON LINE, CLIQUE NO PLAYER

Últimas Notícias

Ney Amorim pode ser o candidato do PT ao Governo se Marcus Alexandre estiver com a ficha suja

As novas delações premiadas que ocorrem na justiça de Rondônia podem complicar ainda mais a situação do ex-engenheiro do Deracre

QUEDA LIVRE I
Com popularidade beirando os 90% de rejeição em seu governo, o presidente Michel Temer deve ser o governante que menos irá viajar pelo país mostrando “força” aos seus candidatos MDBistas.
QUEDA LIVRE II
Outro que não quer nem saber de ocupar o mesmo palanque, principalmente com o governador Tião Viana, é seu pupilo Marcus Alexandre, que se não for impedido pela Lei da Ficha Limpa, dado as acusações de desvio de R $ 700 milhões do Deracre que pesam contra ele, vai disputar o governo pelo Partido dos Trabalhadores. Segundo o Portal G1, Tião Viana aparece em pesquisa nacional como o pior governador do país e, nesse caso, “O homem que gosta de acordar cedo e tomar cafezinho” quer mesmo é distância de Viana.

PLANO B
Um cardeal do PT confidenciou a coluna que a Frente Popular já cogita o nome do deputado estadual Ney Amorim para substituir Marcus Alexandre como candidato ao Governo do Acre em eventual impedimento do prefeito de Rio Branco ao ser enquadrado na Lei da Ficha Limpa. As novas delações premiadas que ocorrem na justiça de Rondônia podem complicar ainda mais a situação do ex-engenheiro do Deracre, em relação os desvios de recursos da BR-364, supostamente para fins de sua campanha a prefeito de Rio Branco.

A Frente Popular já cogita o nome do deputado estadual Ney Amorim para substituir Marcus Alexandre
PÃO E CIRCO
Como se não fosse obrigação de todo administrador público pagar o funcionalismo em dia, o anúncio de que o pagamento dos servidores da prefeitura de Rio Branco junto com o 13° salário começa a ser pago nesta quinta-feira (21). Com isso a tropa de choque do PT nas redes sociais não mediu esforços para tornar a informação de domínio público. O compartilhamento era regra geral principalmente pelos cargos comissionados.
SEM O “P”
A decisão do Partido do Movimento Democrático, agora MDB, sem o P, não foi bem digerida pelo marketing positivo esperado pelo partido, principalmente nas redes sociais.
OSCAR DE MELHOR ATOR
Quem acompanhou a prisão do ex-prefeito de São Paulo, Paulo Maluf, seja pela internet ou na TV, não teve a menor dúvida. Sem concorrente à altura, ele ganharia fácil o prêmio de melhor ator de cinema.

CUIDANDO DO MANDATO
Quem parece mesmo que não está nem aí para campanha e continua cuidando do mandato é o senador Gladson Cameli (PP). Essa semana, além de conseguir no Ministério da Saúde ambulâncias para todos os municípios acreanos, Cameli conseguiu liberar recursos de R$ 7 milhões.


Fonte: Contilnet

 

Nenhum comentário