ENQUETE

Anuncie aqui!

Últimas Notícias

Pessoas de Feijó e outras cidades vitimas do COVID serão enterradas em Cruzeiro do Sul, entenda

Por meio de uma videoconferência realizada na semana passada, o Ministério Público do Acre e prefeituras alinharam procedimentos a serem adotados pelos municípios e Estado com relação ao traslado e sepultamento dos mortos por Covid-19.

Com relação ao Vale do Juruá, segundo a secretária municipal de Meio Ambiente, Suzana Farias, ficou decidido que Cruzeiro do Sul, onde fica o Hospital do Juruá, é referência também para os enterros.

Corpos de pessoas de Mâncio Lima, a 36 km de Cruzeiro do Sul e Rodrigues Alves, a 12, serão levados para enterros em suas respectivas cidades.

Mas se os corpos forem de moradores de Feijó, Tarauacá, Porto Walter e Marechal Thaumaturgo, serão enterrados na ala Covid, do cemitério Morada da Paz, em Cruzeiro do Sul.

A secretária cita que o traslado e enterro da primeira vítima fatal de Covid no Hospital do Juruá, em Cruzeiro do Sul, foram feitos da forma errada, segundo o Ministério Público. A idosa Ana Victor de Almeida, uma aposentada de 96 anos, que era de Tarauacá, morreu no dia 6 de maio em Cruzeiro do Sul mas só foi enterrada no dia 7 em Tarauacá.

“Segundo o Ministério Público, o corpo não deveria ter sido transportada até Tarauacá em um trajeto de horas de viagem e deveria ter sido sepultada aqui em Cruzeiro do Sul. Mas como foi antes da videoconferência, nós não tínhamos essa informação porque é tudo muito novo”.

Se as mortes ocorrerem em vias públicas ou em residências, o traslado dos corpos é feito pelo Município até as 19 horas. A partir deste horário e nos finais de semana, a probabilidade é do governo do Estado. O prefeito Ilderlei Cordeiro disse que já tem uma ambulância específica para o traslado dos corpos.

Informações ac24horas

Nenhum comentário