ENQUETE

Anuncie aqui!

Últimas Notícias

Exclusivo: População de Feijó denúncia aumento de preços em comércios locais de estivas e alimentos

O Coronavírus tem mudado a vida de muita gente, tanto em sua rotina quanto na questão social e financeira, logo após ser anunciado o primeiro caso de Covid-19 no Acre a população em especial da capital acreana (Rio Branco) correu para os supermacados em busca de alimentos, o motivo segundo a maioria seria o medo de faltar alimentos no estado.

Após a correria por compra de alimentos em Rio Branco as autoridades e donos de supermercados anunciaram que não teria risco de faltar alimentos no Acre. Porém embora não venha faltar produtos alimenticios, no municipio de Feijó internaltas e a população em geral tem denúnciado o aumento dos preços em alguns comércios locais.

Segundo uma pessoa que não quis se indentificar ela diise que tem produtos alimenticios que aumentaram mais de R$ 1,00 ( Um Real) e isso de um dia para o outro. Uma das recomendações é que a população guardem os comprovantes de pagamento dos produtos para que possam comparar com preços anteriores e fazerem denúncia.

Promotor Daison Telles

Em contato com o Promotor de Justiça de Feijó o Dr. Daison Telles informou a reportagem do Feijonoticias que elevar os preços acima dos valores de mercado é considerado prática abusiva prevista no código de defesa  do consumidor (lei 8078/90) e os consumidores podem fazer denúncia no número 151 e ainda os comerciantes podem ser punidos criminalmente pela prática de crimes contra economia popular (lei 1521/51) sem falar da possibilidade de cassacão de alvará de funcionamento, interdição do estabelecimento e aplicação de multa. finalizou.

De acordo com os comerciantes os preços estão vindo mais alto por parte dos fornecedores, mas a população questiona a maneira tão rápida em que tudo aumentou de um dia para o outro.


Nenhum comentário