ENQUETE

Anuncie aqui!

Últimas Notícias

Dos pacientes que testaram positivo para coronavírus no Acre, 10 já estão curados

Em meio ao surgimento de novos casos de coronavírus no Acre, uma boa notícia foi dada pela Secretaria de Estado de Saúde: dos pacientes que testaram positivo, 10 já estão de alta por não apresentarem mais o vírus no organismo, conforme o resultado dos novos exames realizados.
Para estes pacientes, os dias de isolamento em um único cômodo da casa, ou sozinhos longe da família, ou ainda em um leito de hospital ficaram para trás. Mesmo com o resultado de cura, eles continuam seguindo à risca as recomendações, se mantendo em casa durante o período de isolamento.

Neste domingo, 29, a arquiteta Rosinete Moretto, um dos primeiros casos positivos de coronavírus no estado, recebeu a ligação do Departamento de Vigilância em Saúde (DVS), informando que o resultado do último exame havia testado negativo para a doença. Rose, como é mais conhecida, conversou com a reportagem e disse que o resultado de não ter mais a doença depois de um diagnóstico positivo trouxe paz e esperança de volta ao seu coração. As lágrimas deram lugar ao sorriso e à certeza de que a partir de agora tudo ficará bem.
“Domingo, meu telefone tocou, era a Glória da Vigilância informando que eu estava curada, que meu exame deu indetectável, negativo para o vírus. A ligação que tanto esperava. Não pude conter a emoção. Estou muito feliz, quero agradecer a todos que estiveram comigo, me apoiando ainda que distantes. Tive uma enfermeira da vigilância municipal me assistindo todos os dias por telefone, uma médica infectologista também. O que posso dizer neste momento é que não tentem enfrentar tudo isso, porque não sabemos onde o vírus está. É difícil ficar dentro de casa, mas é a nossa única chance de proteção. Posso falar por mim, que tive todos os cuidados, quase perdi o voo de volta procurando máscara e álcool gel para comprar no aeroporto, mesmo sem sintomas. Quando cheguei, junto com o Leandro, reforçamos os cuidamos para proteger as pessoas que estavam próximas, mesmo antes de ter o resultado positivo da Covid. Posso dizer com toda sinceridade de quem enfrentou de perto o medo de morrer, a cura é possível sim, mas as chances de complicações também são grandes. Fiquem em casa, ninguém vai morrer nestes 20, 30 dias de isolamento. Sei que muitos precisam trabalhar, mas o momento que vivemos é outro. Apesar do cenário nacional, o Acre está muito bem ainda. A celeridade no resultado dos testes são de fundamental importância no reforço às ações de controle e combate ao coronavírus. Eu continuo com minha quarentena, seguindo no meu isolamento desde os primeiros sintomas, o que graças a Deus resultou em ninguém infectado por mim ou pelo Leandro que seguiu com os mesmos cuidados. A diferença agora é que estamos curados, graças a Deus”, destaca.
Outro a comemorar o resultado de cura do coronavírus na manhã desta segunda, 30, foi o também arquiteto Leandro Rocha. Ele esteve no mesmo evento que a colega arquiteta e ficaram juntos durante toda a viagem.
“Acabei de receber a notícia de que meu segundo teste deu negativo, que não tenho mais a presença do vírus no meu corpo, que eu estou curado. Consegui vencer o coronavírus, graças a Deus. Queria passar uma mensagem positiva para vocês, neste momento tão difícil que a gente vem vivendo, que vocês tenham fé, tenham esperança”, diz o arquiteto alertando ainda que as pessoas não subestimem a doença que é perigosa. “O coronavírus é sim uma doença perigosa, mas a gente tem que ter a certeza que existe cura. Não se desesperem, mas continuem em casa, mantendo o isolamento. O pior da doença ainda está por vir na nossa cidade, então vamos fazer a nossa parte, nos prevenir para que a gente consiga combater esse vírus”.
Além dos dois arquitetos (Rosinete e Leandro), segundo a DVS, também estão de alta outros oito pacientes que testaram positivo para coronavírus no Acre. São eles: uma advogada de 28 anos, um professor de 25 anos, um assistente administrativo de 29 anos; um empresário de 81 anos, uma arquiteta de 26 anos, um gerente de concessionária de 42 anos, e dois empresários, de 37 e 45 anos de idade.
“Estamos acompanhando diariamente todos os pacientes testados com a Covid-19 no estado. Às vezes o boletim demora a sair porque antes de divulgar novos casos precisamos prestar total assistência aos pacientes que testaram positivo, com ajuda psicológica e orientações. Um trabalho conjunto do estado e município neste momento. Mas sabemos que isso vai passar, esperamos apenas que as pessoas cumpram as orientações, se protejam e fiquem em suas casas”, ressalta a chefe da DVS, Glória Nascimento.

Dados

No Brasil, segundo o Ministério da Saúde (MS), passa de 4,3 mil casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2), com 141 mortes. O avanço da doença segue um ritmo acelerado no país. No Acre, o Governo do Estado não tem medido esforços para enfrentamento à doença. Compra de insumos, equipamentos de segurança, aumento de leitos de UTI, readequação de unidades de saúde pelo interior para receber possíveis pacientes com coronavírus, transferência de venezuelanos para abrigo na Cidade do Povo e desinfecção de espaços públicos estão entre as prioridades da última semana.

CONTILNET

Nenhum comentário