ENQUETE

Anuncie aqui!

Últimas Notícias

Vândalos violam e ateiam fogo em caixão de idosa em cemitério do Acre

Um caso macabro foi registrado na cidade de Plácido de Castro, distante 115 km da capital Rio Branco, e chocou os moradores da região. O caixão da idosa Darcy de Oliveira Peixoto, 75 anos, que morreu no último dia 8 e foi sepultado no dia 9 janeiro, vítima de complicações clínicas pelo procedimento de hemodiálise, foi profanado por vândalos que ainda não foram identificados pela polícia.
De acordo com apuração do ac24horas, familiares foram visitar, no último final de semana, o túmulo da matriarca da família no único cemitério da cidade, o São João Batista, e encontraram o caixão violado e incendiado.Ninguém sabe sobre quais circunstâncias aconteceram o fato. Um Boletim de Ocorrência foi registrado por um dos filhos da idosa.
Na cidade, o comentário que circula é o ocorrido deva ter alguma ligação com algum ritual de magia negra, porém a família aguarda a investigação da polícia para apurar o caso. Como o caixão não foi retirado para realização da perícia, familiares acreditam que o crânio da idosa pode ter sido retirado.
Apesar do cemitério ser gerido pela prefeitura de Plácido de Castro, não existe nenhum vigilante no local. Até o fechamento da matéria, nenhuma equipe da perícia de Rio Branco esteve na cidade para confirmar se alguma parte do corpo foi subtraída do caixão.

Nenhum comentário