ENQUETE

Anuncie aqui!

Últimas Notícias

Prefeitura de Feijó decreta estado de emergência no combate à dengue, entenda

Feijó entrou na guerra contra a dengue. Com índice de infestação na cidade acima do limite estabelecido pelo Ministério da Saúde, o prefeito Kiefer Roberto decretou Estado de Emergência na Saúde e Estado Alerta Epidemiológico para o combate ao mosquito transmissor da doença.
Entre outras atribuições, a medida autoriza o ingresso forçado de agentes sanitários e servidores municipais designados para este fim, acompanhados de autoridade policial, nas casas fechadas, ou abandonadas e logradouros particulares, “quando isso se mostrar fundamental para a contenção da doença ou do agravo à saúde”.
Com o decreto, o Município também está autorizado a manejar servidores de outras secretarias e realizar contratações emergências para reforçar as equipes da Saúde que atuam no combate à proliferação do Aedes aegypti. O decreto, inicialmente foi estabelecido pelo o prazo de 90 dias, sujeito a prorrogação por igual período.
O decreto número 158, foi encaminhado para publicação no diário oficial do estado, na tarde desta quarta-feira, 24 e ainda encaminhado ao governo do estado, Ministério Público e o poder judiciário.
“A situação é preocupante em todas as regiões da nossa cidade. Reiteramos que somente uma união entre o poder público e a população é fundamental para acabar com o mosquito transmissor da dengue. Mais de 90% dos focos estão no interior das residências, por isso, os moradores precisam ficar atentos e vigiarem os imóveis”, concluiu o prefeito Kiefer Roberto, ao destacar a adesão de inúmeras lideranças feijoenses nesta guerra que foi declarada contra o mosquito da dengue.

FEIJO24HORAS

Nenhum comentário