RADIO BOAS NOVAS ON LINE

RÁDIO BOAS NOVAS ON LINE, CLIQUE NO PLAYER

Últimas Notícias

TARAUACÁ: INCÊNDIO, SUPOSTAMENTE CRIMINOSO EM RESTAURANTE, É CONTIDO POR HOMENS DO CORPO DE BOMBEIROS



Um incêndio no Ouro Restaurante localizado na região central da cidade de Tarauacá, mobilizou homens e viaturas do corpo de bombeiros na noite deste sábado, 5 de agosto em Tarauacá.
Incêndio controlado pelo corpo de bombeiros
O sinistro iniciou numa área anexa, que é coberta de palha, e só não se tornou  um incêndio de grandes proporções graças a intervenção dos combatentes do corpo de bombeiros. Ao lado do restaurante estão o Templo Central da Igreja Católica, a Escola João Ribeiro, Sede da Maçonaria, Clube do Sinteac e atrás , uma área residencial.
Incêndio pode ter sido criminoso
De acordo com informações do Sargento M Silva, comandante da guarnição de plantão do 7º BEPECIF, os combatentes deram uma rápida resposta à ocorrência. “Chegamos ao local em 2 minutos e debelamos o incêndio com êxito, evitando assim uma tragédia“, destacou o militar.   Além de M. silva trabalharam ainda os soldados Adenilson, Evilásio e Leandro.
A polícia acredita que o incêndio tenha sido criminoso, pois no local foi encontrada uma garrafa e um pedaço de pano (pavio), típico de um coquetel molotov, que provavelmente teria sido usada caso o primeiro falhasse. Reforça a suspeita ainda para a polícia o fato de que incêndios ônibus e prédios foram registrados em outras regiões do estado, supostamente praticados por membros de facções criminosas em represália as ações do governo de combate a atuação desses grupos. Por fim, acredita-se, nesse caso específico de Tarauacá, tenha sido algum tipo de represália já que o restaurante, de propriedade da empresária Francisca Damasceno é responsável pelo fornecimento  da alimentação dos presidiários do Presídio Moacir Prado.
A família da proprietária acredita que o incêndio fez parte da onda de crimes praticadas nesta noite de sábado e não teria nenhuma relação com a empresa fornecedora de alimentos ao IAPEN.
A polícia civil  já iniciou uma investigação para elucidar o caso.
Fonte: Portal Tarauacá

Nenhum comentário